Páginas

quinta-feira, março 09, 2006

Sábios pensamentos de caminhoneiros

Lá vamos nós de novo. Primeiro as frases de boteco e agora os famosos adágios da estrada.




Se barba fosse sinal de respeito, bode não usava chifre.

Se quiser leite fresco, ponha a vaca na sombra.

A ambulância conduz os feridos, o sutiã conduz os caídos.

Beijo é igual a ferro elétrico: liga em cima, esquenta embaixo.

A mata é virgem porque o vento é fresco.

Pobre só come carne fresca quando morde a língua.

Se casamento fosse bom não precisava de testemunhas.

Casa de mulher feia não precisa de tramela.

Champagne de pobre é sonrisal.

Se gordura fosse físico, porco seria atleta.

Se o amor é cego, o negócio é apalpar.

Nosso amor virou cinza porque nós mandamos brasa.

Onde termina a minissaia, começa meu pensamento.

Não mando a minha sogra para o inferno porque tenho pena do diabo.

A mulher é igual a um circo, debaixo do pano é que está o espetáculo.

"Existem três tipos de pessoas: O Idiota que não aprende com os próprios erros; o Esperto que aprende com seus erros, e o Sábio que aprende com os erros dos outros."

"O pior não é morrer. É não poder espantar as moscas."

"Se você tem que perguntar quanto custa, é porque não pode comprar."

"A partir de um certo ponto, o dinheiro deixa de ser o objetivo. O interessante é o jogo."

"Se merda fosse dinheiro, pobre não tinha bunda."

"A primeira amnésia a gente nunca esquece."

"24 horas num dia, 24 cervejas numa caixa. Coincidência?"

"O otimista fala que nós vivemos no melhor dos planetas. O pessimista teme que isso seja verdade."

"Por que nossa memória é boa o bastante para guardar qualquer coisa idiota que acontece conosco, e não boa o bastante para lembrar-nos quantas vezes contamos isso para a mesma pessoa?"

"Quanto o nível do mar cresceria se não houvesse as esponjas-do-mar?"

"Gatos radioativos têm 18 meias-vidas?"

"E se não existissem situações hipotéticas?"

"Por que construir um cemitério seguro se ninguém vai sair de lá?"

"Por que construir um cemitério seguro se ninguém quer entrar ali?"

"Por que lemos da esquerda para a direita se viramos as páginas da direita para a esquerda?"

"Por que ‘abreviação’ é uma palavra tão grande?"

"Se o Seven Eleven fica aberto 24 horas por dia, 365 dias por ano, por que existem fechaduras nas portas?"

"Se nada gruda no Teflon, como fizeram para grudar o Teflon na panela?"

"Se a caixa preta do avião é indestrutível, por que não fazem todo o avião com o mesmo material?"

"O bom de usar dentadura é poder escovar os dentes e cantar."

"Nasci careca, pelado e sem dente. O que vier é lucro!"

"Não tenho vícios. Só bebo e fumo quando eu jogo."

"Não sou seu tio, não gosto de Mentex e não tenho trocado."

"Para mim, a televisão é muito instrutiva. Quando alguém a liga, corro à estante e pego um bom livro para ler."

"O que nos outros eu chamo de pecado, para mim é experiência."

"Chega de homenagens. Eu quero o dinheiro."

"Existe vida inteligente na Terra? Lógico, mas estou só de passagem."

"Pode falar, minha boca é um túmulo. Sente só o cheiro."

"Fiz tão bem o meu curso de Direito que, no dia em que me formei, processei a Faculdade, ganhei a causa e recuperei todas as mensalidades que havia pago."

"Quando eu era jovem, achava que o dinheiro era a coisa mais importante do mundo. Hoje, tenho certeza."

"Amigo não tem defeito; inimigo, se não tiver, eu ponho."

Postar um comentário