Páginas

sexta-feira, março 10, 2006

Pedofilia: Nós temos culpa sim!

Li ontem na Istoé que somos um dos países que mais produz material pedófilo para distribuição ao redor do mundo, na verdade lideramos "o ranking mundial" de distribuição via internet. Todos devem ter ao menos ouvir falar do rapaz que jogou-se da janela de seu edifício paranão ser apanhado pela polícia semana passada (em seus três computadores haviam fotos de pedofilia - e eu me pergunto se os pais desse rapaz nem desconfiavam ou faziam vistas grossas como os pais daquela menina presa algumas semanas atrás por tráfico de drogas e cujo depoimento da mãe "emocionou" as pessoas pelaTV ao afirmar que SIM é perfeitamente notável tais tipos de comprtamento, apenas não se quer acreditar e finge-se não ver).

A reportagem informa que o pedófilo tem, em geral, pouco mais de 40 anos, são solteiros, são profissionais liberais e quase sempre sofreram abusos quando crianças - Mas quem produz e fornece tal material pornográfico são jovens entre 17 e 24 anos, de classe média e tem entre suas vítimas crianças da PRÓPRIA família.

A reportagem éainda bem claraao dizer que cerca de uma a cada cinco crianças que navegampela internet já recebeu proposta sexual pela rede e 01 a cada 35 já recebeu telefonemas, dinheiro ou passagempara encontros com pedófilos.

Já acharam a NOSSA parcela de culpa?

NÃO???????

Pense um pouquinho comigo - rastreamos os passos de nosso filhos na net, na escola e conhecemos seus amiguinhos ou simplesmente nem falamos sobre isso com eles? conhecemos os outros jovens e crianças que fazem parte da rodinha de amigos de nosso filhos? Conhecmos alguns dos pais desses amigos?

Não é proibir ou evitar as amizades de nossos filhos, nem é questão de repressão ou vigilância.
É questão de diálogo, de interressar-se pela vida de nossas crianças, pelos seus amigos, pelos seus gostos e hábitos - É SABER QUE NOSSOS FILHOS ESTÃO EXPOSTOS AO MUNDO E QUE É PRECISO ENSINÁ-LOS A SE PROTEGER, MAS ISSO SE FAZ TOMANDO CONTA DELES ATÉ QUE ELES MESMOS POSSAM FAZÊ-LO - Todo animal selvagem sabe disso. Nós não?!

Mas o que vejo agora...
A filha de 10 anos da vizinha está cantarolado uma melodia...
"DÁKÚ É BOM...DÁKÚ É BOM..."
E usando um shortinho que nem certas prostitutas usam...
Agora rebola empinando o bumbum para um lado e outro...
coloca o dedinho na boca e vai descendo...
A mamãe acha lindo e estimula - Minha filha não é uma graça?
Oh! que vejo agora? O tio da menina está lambendo os beiços...Qual terá sido a sobremesa tão gostosa...Agora ele pega a sobrinha no colo...A mãe bebe uma cerveja geladinha e oferece pra filha..."DÁKÚ É BOM..."

Já Viu alguma cena como essa?
Percebeu como estimulamos nossas crianças a adotar posturas sensuais e sexuais e depois vamos chorar sobre o leite derramado ou o corpo deflorado e morto?

PEDOFILIA É DOENÇA! É CRIME!
MAS É TAMBÉM RESULTADO DE ESTÍMULOS!
estímulos que são vistos e disseminados diariamente entre as nossas crianças pela TV, pelas músicas baixarias, pelas dançarinas de certos grupos de pagode, por mães e pais que insitem em vestir suas filhas como "sedutoras mulheres" e não como crianças, por atitudes machistas de pais que estimulam seus filhos a serem "caçadores" não importando-se inclusive se eles irão apreender com outros meninos (as bichinhas)....

Para combater esse e outros comportamentos é necessário se fazer presente na vida dos filhos, ensinar o que é certo e mostrar o que é errado, sem neuras, nem repressão, mas com diálogos e carinho, com atenção a comportamentos estranhos e não conformismos idiotas do tipo "se eu fingir que nada está acontecendo vai passar..." e principalmente com coragem para enfrentar maridos, filhos, irmãos, etc. Se houver suspeita de que algo está acontecendo.

Quer saber mais? Dossiê pedofilia - Prevent abuse (em inglês) - Campanha Nacional - Denuncie

CEDECA- Ba -
Postar um comentário