Páginas

sexta-feira, julho 07, 2006

igreja de ossos

As fotos aqui, por incrível que pareçam, são de uma igreja; localizada na pequena cidade de Kutna, na República Checa. Sua história começou em 1278, quando o Abade da igreja , voltando de Jerusalem , trouxe com ele terra do Gólgota (o local onde Jesus foi crucificado) e espalhou no cemitério ao lado da igreja , o que levou muitos , nobres principalmente, a quererem ser enterrados ali. A coisa tornou-se tão popular que em 1318 mais de 30 mil pessoas foram enterradas no local (graças a um a peste ocorrida na região).

No local ocorrem algumas batalhas em 1421 que acabaram destruindo parte do cemitério e obrigando a retirada de alguns ossos que foram depositados na capela. O sucesso do cemitério era tão grande que a constante retirada dos restos mortais para que novas pessoas fossem enterradas, criou algumas imensas pilhas de ossos no interior da igreja, fazendo com que em 1784, por ordem do Imperador, o monastério (e o cemitério junto) fosse fechado.

Em 1870 um escultor local chamado Frantisek Rink começou a organizar os ossos compondo com eles as esculturas que passaram a decorar a igreja. estima-se que lá existam ossos de cerca de 40 ou 50 mil pessoas.

Kutna fica há 70 quilometros de Praga e pode-se chegar de carro, numa agradabilíssima viagem.
Postar um comentário