Páginas

segunda-feira, abril 12, 2010

RIO DE JANEIRO - O QUE FALARAM POR AÍ


Após mais uma tragédia que poderia ter sido evitada se nossos governantes fossem realmente nossos representantes e se a Cidadania tivesse sido conquistada pelo povo, vêm os discursos, desculpas e relatos de sobreviventes. Sem comentários, reflitam...
EDUARDO PAES – PREFEITO DO RIO - “Esse trabalho será feito para que haja efetivamente uma diminuição das tragédias que se abatem na cidade do Rio de Janeiro, cada vez mais, em períodos mais curtos (...) Com as quatro mil unidades do programa Minha Casa Minha Vida, com a construção dos bairros da Frei Caneca e da Triagem, a cidade terá condição de atender oito mil pessoas”
LULA – PRESIDENTE “The Man” - “ Nos anos passados houve muita irresponsabilidade em permitir que as pessoas construíssem casas em lugares inadequados, ou seja, em cima de lixões, na encosta de morros, na beira de córregos, ou seja, tudo que poderia ser evitado no começo as pessoas deixaram, certamente por conta da política, e quando acontece uma chuva dessas nós vemos a catástrofe que aconteceu no Rio de Janeiro.”
MARIA RIBEIRO – Vítima do morro do Urubu  – “Nos anos passados houve muita irresponsabilidade em permitir que as pessoas construíssem casas em lugares inadequados, ou seja, em cima de lixões, na encosta de morros, na beira de córregos, ou seja, tudo que poderia ser evitado no começo as pessoas deixaram, certamente por conta da política, e quando acontece uma chuva dessas nós vemos a catástrofe que aconteceu no Rio de Janeiro.”
ELIZA BRANDÃO – Presidente da Associação de moradores do Morro dos Prazeres (após o decreto do prefeito que autoriza a retirada à força de moradores de locais de risco) - “Nós não somos animais. Somos seres humanos e precisamos do carinho da prefeitura. Essa comunidade tem uma história e as famílias não querem sair daqui. A gente zela pelos nossos bens.”
TAYENNE WULLYANE – desabrigada do  morro dos prazeres - "Nos disseram que talvez dessem aluguel social ou uma casa para gente, mas meu medo é tirarem aqueles corpos de lá [do Morro dos Prazeres] e abandonarem a gente, esquecerem que a gente existe. Falar que vai fazer e acontecer é fácil, ainda mais em um ano de eleição".
JOSÉ SILVEIRA – PREFEITO DE NITERÓI - “A gente sabia que o lixão estava desativado há 30 anos. Quando eu assumi pela primeira vez, já havia um início de ocupação. A região é muito pobre e as informações que eu tinha eram de que aquele aterro era muito antigo e não representava nenhum risco. (...) As pessoas dizem assim: ‘deviam ter removido’, mas quem fala isso não conhece o real Brasil hoje. Eu, realmente, não tinha conhecimento que havia esse risco todo. Se eu soubesse, evidentemente, teria providenciado isso”.
BENTO XVI – PAPA – “Informado sobre as trágicas consequências das inundações que semearam luto e devastação em tantas famílias do Estado do Rio de Janeiro, o Sumo Pontífice deseja assegurar a toda comunidade local a sua solicitude, recomendando as vítimas à misericórdia de Deus e suplicando conforto e apoio para suas famílias, para os feridos e quantos perderam seus bens. Para todos os provados por este drama, sem esquecer das pessoas que participam na obra de socorro e assistência, Sua Santidade Bento XVI invoca reconfortantes graças divinas em penhor das quais lhes concede paterna benção apostólica".

Postar um comentário