Páginas

terça-feira, abril 20, 2010

De mão em mão II

Acima temos o convite que irá encartado em cada livro do projeto, uma versão em Word  (com o marcador de texto) pode ser baixada AQUI, para que você imprima com os livros que queira colocar no projeto; se o fizer deixe-nos os dados do livro, onde o deixou e qual a sua impressão. Abaixo a relação dos 5 primeiros livros e onde serão deixados:
  1. MEMÓRIAS DE UM SARGENTO DE MILÍCIAS - Manuel Antonio de Almeida - Neste livro Manuel Antônio de Almeida constrói, sob forte caricatura, Leonardo, um típico malandro da classe média mais conhecido da 'Época do Rei'. Ironizou algumas regras e vícios da socidade romântica burguesa do século XIX. Cachoeira.
  2. A ESCRAVA ISAURA - Bernardo Guimarães -Publicada em 1857, conta a história de Isaura, uma escrava sedutora que vivia na Paraíba. Isaura fora criada como filha da dona da fazenda onde vivia, recebendo educação de moça branca. No entanto, quando a fazenda passa aos poderes de Leôncio, este começa a assediar a escrava. A esposa de Leôncio abandona-o, mas a tormenta de Isaura continua. Esta foge com seu pai e conhece Álvaro, um homem rico de ideais republicanos que a libertará. Gandu.
  3. O ALIENISTA - Machado de Assis - 'O Alienista' foi publicado em 1882, como parte da coletânea de contos 'Papéis Avulsos.' Por meio das aventuras do Dr. Simão Bacamarte, Machado de Assis constrói uma crítica à sociedade da época, ao chamado cientificismo característico daquele momento histórico. Gandu.
  4. O SEMINARISTA - Bernardo Guimarães - O seminarista, chamado Eugênio, e Margarida se conhecem desde a infância nos campos. Os pais do menino, fazendeiros, querem vê-lo padre e mandam-no para o seminário de Congonhas, onde o persegue a imagem de margarida, filha de uma simples agregada da fazenda. No seminário, Eugênio entrega-se a toda sorte de penitências e mortificações para esquecer sua amada. Bernardo Guimarães desenvolve, em O Seminarista, a trama do amor impossível. Diferença de classes, separação e distância, casamentos tramados entre família, imposição de poderosos - tudo justificava um casamento rentável. E que amor seria mais impossível que o de um seminarista? Muritiba.
  5. HELENA - Machado de Assis - Helena se vê o alvo de um grande equívoco que a leva a grandes aflições e à morte. Grande também é o desespero de Estácio que a ama ardentemente, mesmo enfrentando os sérios obstáculos. Dividido em 28 capítulos, 'Helena' retrata, de forma realista, muito das mazelas e dos dissabores do cotidiano. Itamari.
Postar um comentário