Páginas

terça-feira, novembro 28, 2006

PF tem ferramenta para vasculhar dados do Orkut

Comunidade considerada suspeita pode sair do ar

A Polícia Federal dispõe de uma ferramenta que possibilita investigar dados do Orkut e tirar do ar, sem precisar da determinação de um juiz, páginas com "possíveis práticas de crimes". A ferramenta foi criada pelo Google do Brasil e disponibilizada à PF há três semanas. A polícia pode, assim, navegar pelo Orkut com credenciais de "usuário especial", o que lhe dá acesso inclusive a dados como IP do internauta - o IP (Internet Protocol) identifica o computador, e permite identificar o responsável por determinado texto ou comunidade. De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, a ferramenta será divulgada oficialmente pelo Google na semana que vem, e seu uso deverá ser expandido mundialmente.
Quando a polícia encontra uma comunidade suspeita (envolvendo racismo ou pedofilia, por exemplo), avisa o Google e este marca a página, que sai do ar e, em seu lugar, entra um aviso com o símbolo da Polícia Federal. O usuário tem seus dados armazenados pelo Google até a Justiça autorizar seu uso.
Fonte: AQUI.
Postar um comentário