Páginas

domingo, julho 08, 2007

Cristo é uma das novas maravilhas do mundo


O Cristo Redentor, principal símbolo do Rio de Janeiro e um dos principais do Brasil, foi eleito oficialmente uma das novas sete maravilhas do mundo, ficando em terceiro lugar no placar geral das votações. O anúncio oficial foi feito ontem para mais de 40 mil pessoas numa cerimônia no Estádio da Luz, em Lisboa, na presença de várias celebridades. Numa votação realizada pela internet e por mensagens de celular, a estátua do Corcovado se destacou ao lado de alguns dos mais importantes monumentos do mundo.

Em primeiro lugar nas votações ficou a Grande Muralha da China; em segundo, Petra, cidade esculpida na pedra no coração da Jordânia; em quarto, Machu Picchu, no Peru; em quinto, a pirâmide de Chichen Itza, no México; em sexto, o Coliseu de Roma; e em sétimo o palácio de Taj Mahal, na Índia.

A lista das novas maravilhas do mundo representa os votos de mais de 100 milhões de pessoas. Inicialmente, qualquer local podia ser indicado como um das novas sete maravilhas. No fim de 2005, a lista que contava com 200 monumentos foi reduzida aos 77 mais votados. A partir daí, um grupo de arquitetos, sob a coordenação do ex-diretor geral da Unesco Federico Mayor, escolheu os 19 finalistas, com base nos critérios de beleza, complexidade, valor histórico, relevância cultural e significado arquitetônico.

A votação das sete novas maravilhas foi uma idéia do milionário suíço Bernard Weber. Segundo sua assessoria, em 1999 uma amiga professora dava aulas sobre as sete maravilhas da Antigüidade e comentou o fato com ele. Entre elas, apenas as pirâmides de Gizé ainda existem. As sete maravilhas da Antigüidade, uma lista elaborada por Filon de Bizâncio em 200 antes de Cristo, incluíam os Jardins Suspensos da Babilônia, a Estátua de Zeus, o Templo de Ártemis, o Mausoléu de Helicarnassus, o Colosso de Rodes, o Farol de Alexandria, além das Pirâmides de Gizé.

O Cristo Redentor foi inaugurado em 12 de outubro de 1931, sua construção durou cerca de cinco anos, em 1922, quando o Brasil comemorou cem anos como nação independente, foi lançada a pedra fundamental da estátua. As obras, no entanto só começaram em 1926. O projeto foi do engenheiro Heitor da Silva Costa. Quem desenhou a estátua foi o artista plástico Carlos Oswald, e seu escultor foi o francês de origem polonesa Paul Landowski.

A estátua, feita de pedra-sabão, é considerada patrimônio histórico desde 1937. No ano passado, o Cristo também foi declarado um santuário religioso e está localizado a 709 metros do nível do mar, possuindo 38 metros de altura (incluindo os 08 metros do pedestal).

Fontes: Jornal do norte - Wikipedia
Postar um comentário