Páginas

quinta-feira, dezembro 06, 2007

Brasil: Políticas

A falta de vergonha dos senhores políticos que dirigem esse país deveria ser alvo de estudos acadêmicos e científicos, talvez assim pudéssemos entender o fenômeno que faz presidentes mudarem de opinião, não em favor do povo, mas a favor dos gastos mirabolantes, que exigem mais e mais dinheiro da população e nada resolvem; aliás, resolvem: Os problemas financeiros e pessoais dos "nossos representantes" sempre são resolvidos.
Querem mais dinheiro pra CPMF e o governo ameaça, diz que a saúde vai piorar se ela não for aprovada, etc. Piorar como eu não sei, pois o que se vê nas filas do SUS, é o total descaso das autoridades, faltam médicos, faltam anestesistas, equipamentos se perdem por terem sido utilizados (ou não utilizados) de forma incorreta, remédios perdem a validade em razão de entraves burocráticos e um sem número de problemas.
Claro que os investimentos são feitos todo ano, mas tais "investimentos" são feitos em razão do voto e não de quem vota e necessita das melhorias; desse modo, equipamentos e verbas são distribuídos não em razão da necessidade, de um planejamento racional, mas são feitos em razão de conchavos políticos, troca de vantagens, em troca de votos para aprovar essa ou aquela medida.
Diariamente temos visto tais acontecimentos, que já nem chocam a população que, apática, assiste a tudo isso e ainda aplaude. Não sabemos pensar coletivamente, queremos aquilo que for bom pra "mim" e aceitamos um vaga de colégio, sacos de cimento, um posto médico equipado e inútil, etc. Em troca de votos. E votamos no mal-caráter que vem sorrir na época de campanha, aproveitamos para tentar "tirar vantagem" da situação, dizemos no íntimo e muitas vezes escancaradamente "Ele vai roubar mesmo, deixa eu pegar logo alguma coisa". E assim vamos levando mais e mais hipócritas ao poder e engolindo "as metamorfoses ambulantes" os "esqueçam o que eu escrevi".
A CPMF vai ser aprovada, assim como o Renan foi absolvido; os gastos públicos vão continuar aumentando e o dinheiro da arrecadação de impostos vai bater novos recordes, mas esse dinheiro provavelmente vai continuar bancando banheiras de hidromassagem nos apartamentos funcionais e outras cositas mais...
Postar um comentário