Páginas

terça-feira, dezembro 19, 2006

Morre Joseph Barbera


Quem cresceu acompanhando os desenhos da TV ficou hoje um pouco órfão. Joseph Barbera, que juntamente com William Hanna (falecido em 2001), criou alguns dos maiores ícones da animação mundial, faleceu ontem (18/12) de causas naturais em sua casa em Los Angeles, aos 95 anos.

Joseph e William iniciaram em 1937 uma parceria que iria durar mais de 60 anos, na qual personagens inesquecíveis foram criados e se tornaram conhecidos mundialmente: Tom e Jerry (criados para o MGM estúdios), Os Flintstones, Os Jetsons, Scooby Doo, Don Pixote, Johnny Quest, entre outros que alegraram e alegram as tardes de muitas crianças.

Os dois começaram a trabalhar juntos no estúdio de Paul Terry, contratado para desenvolver o setor de animação da MGM e lá começaram uma incrível parceria que culminou com a criação, em 1957, da Hanna-Barbera Productions, onde desenvolveram um novo método de animação que revolucionou a indústria, tornando mais rápido o processo e permitindo a criação de inúmeros clássicos para os shows de TV. O primeiro grande sucesso do novo estúdio foi uma família da idade pedra que usava e abusava de coisas "pré-históricas" emulando aparelhagem doméstica e outra facilidades modernas (quem é capaz de esquecer os carros movidos a pés ou os guindastes de dinossauros e o controle remoto que era um pequeno pterodáctilo). Durante os anos 70 o Hanna-Barbera era o estúdio dominante nas redes de TV americanas, sendo responsável por cerca de 70% de toda a produção dos shows para crianças nas manhãs de sábado; o que lhes valeu ganhar 07 prêmios Emmy e um Globo de ouro, entre outros.

Para saber mais: Biografia de Barbera - Biografia de Hanna -
Postar um comentário